segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Campanha Europeia: Efeitos da crise na vida das mulheres na Europa


(Estaremos a recolher testemunhos até 15 de Março. Envia-nos o teu. Individual ou colectivo. Para mmmulherespt@gmail.com)

Em muitos dos nossos países, utiliza-se a crise económica para concentrar em poucas mãos a riqueza e o poder, explorando a força de trabalho ao máximo, limitando as práticas democráticas, aumentando o ódio e a divisão entre diferentes sectores da população enquanto não se dá uma solução real que se centre na vida das pessoas e na sobrevivência do nosso planeta.

Fazemos aqui o convite para que penseis sobre as mudanças nos direitos e liberdades (avanços e recuos), e também sobre como os impactos das crises e as respostas políticas afectaram a vida diária das mulheres nos últimos anos, destacando os grupos mais vulneráveis, como são as mulheres jovens, as com mais idade e as mulheres migrantes.

Os temas podem ser (a lista não é exaustiva):

      Violências contra as mulheres (doméstica, no trabalho, nos espaços públicos, tráfico...)

      Sexualidade, saúde, autodeterminação, aborto.

      Autonomia financeira, ganhos do trabalho, pensões, divisão laboral.

      Condições de vida, precariedade, acceso aos serviços públicos e/ou sociais.

      Política educativa, política familiar e a realidade (muitas vezes em contradição).

      Militarização, repressão, subida da direita nacionalista, racista e fundamentalista.

      Como se vêm a si mesmas as mulheres jovens neste contexto? (Imagem de si mesmas e do seu futuro).